Eletroímã

Postado por Lucas sábado, 9 de junho de 2012 0 comentários

O eletroímã é um dispositivo que utiliza corrente elétrica para gerar um campo magnético, semelhantes àqueles encontrados nos ímãs naturais.
É geralmente construído aplicando-se um fio elétrico espiralado ao redor de um núcleo de
ferro, aço, níquel ou cobalto ou algum material ferromagnético.

Quando o fio é submetido a uma tensão, o mesmo é percorrido por uma corrente elétrica,
o que gerará um campo magnético na área a este aspecto, espira através da Lei de
Biot-Savart. A intensidade do campo e a distância que ele atingirá a partir do eletroímã
dependerão da intensidade da corrente aplicada e do número de voltas da espira.

A passagem de corrente elétrica por um condutor produz campos magnéticos nas suas
imediações e estabelece um fluxo magnético no material ferromagnético envolto pelas
espiras do condutor. A razão entre a intensidade do fluxo magnético concatenado pelas
espiras e a corrente que produziu esse fluxo é a indutância.

Glossário:

1. Indutância
Indutância em um circuito constituído de uma ou mais bobinas perfeitas - (resistência
interna igual a zero) - quando percorrido por uma corrente elétrica produz um campo
magnético, campo este que cria um fluxo que as atravessa. A capacidade de uma bobina
em criar o fluxo com determinada corrente que a percorre é denominada Indutância
(símbolo L) medida em "henry" cujo símbolo é H.

Adaptado de Wikipédia.

0 comentários:

Postar um comentário