Garrafa de Leiden

Postado por Lucas quarta-feira, 20 de junho de 2012 0 comentários

A garrafa de Leiden (ou de Leyden) é uma espécie primitiva de capacitor, dispositivo
capaz de armazenar energia elétrica. Foi inventada acidentalmente em 1746 por Pieter van Musschenbroek, professor da Universidade de Leiden, Países Baixos, que estudou suas
propriedades e a popularizou.

O dispositivo original era composto por uma garrafa de vidro com água no seu interior, com
uma rolha perfurada por uma haste metálica que ficava em contato com a água.

Quando a garrafa era segurada pela mão de um operador e a haste posta em contato com o
terminal de uma máquina eletrostática, uma grande quantidade de carga elétrica era acumulada
sobre as paredes da garrafa, com polaridades opostas dentro e fora.

Se o operador então tocava a haste com a outra mão, recebia um forte choque elétrico
causado pela repentina descarga da garrafa.

Logo se descobriu que a água não era necessária, e que era mais eficiente cobrir as paredes interna e externa da garrafa com folha metálica, deixando a folha interna em contato com a haste metálica.

A descoberta da garrafa de Leiden levou a grandes avanços na compreensão dos fenômenos elétricos, pois se passou a ter uma forma melhor de armazenar cargas elétricas significantes
em pequeno espaço (uma garrafa de Leiden com 111 pF de capacitância armazena tanta
carga quanto uma esfera isolada com 2 metros de diâmetro, para a mesma tensão).
Sua evolução levou aos capacitores usados em eletricidade e eletrônica atualmente.

Adaptado de Wikipédia.

0 comentários:

Postar um comentário